quinta-feira, 4 de novembro de 2010

A Letra 'Tete' de Proverbios 31.18

A letra 'Tete' é encontrada no Livro de Provérbios 31.18. Antes de cada versículo, a partir do 10, está escrito todas as letras do alfabeto Hebreu. Todas as letras tem um significado, e esta 'Tete' é uma das mais difíceis letras para descreve-la, por não haver um consenso da figura relacionada a letra. Bom, eu decidi escrever, porque creio que podemos aprender algumas lições com ela. Algumas autoridades teologicas, dizem que era a figura de uma serpente, ou de algo que rasteja. Se é, como isto se aplica a mulher virtuosa e para o verso 18 em particular? Eu estou tendo a idéia mais estupida, e ao mesmo tempo, pode ser surpreendente.
É claro, que a cobra, já tem tido uma bagagem teologica. É muito dificil encontrar referencias positivas sobre elas. Você tem que procurar e procurar referencias não só na Bíblia, mas em muitos outras literaturas para encontrar alguma coisa. Até mesmo, o Indiana Jones, famoso Cowboy não gostava. Isto me faz recordar de uma história que aconteceu entre um coelho e uma cobra cascavel, com seu guizo ou chocalho na ponta do rabo. Em Inglês, estas cobras são chamadas de Diamondback Rattlesnake (traduzindo 'ao pé da letra' = a cobra do chocalho diamante). O coelho falou para a cobra;
'Desculpe-me, porque eu vivo num deserto, nunca vi água, eu não tenho idéia de que tipo de animal eu sou. Você poderia me descrever para então eu descobrir quem sou eu?';
A cobra respondeu;
'certamente, mas você também terá que me descrever para que eu possa desvendar quem eu sou'.
Eles dois acordaram e então a cobra começou a descrevê-lo;
'Bom, você tem pêlo, é branco e fofo. Você tem orelhas grandes, um pequeno rabo, e você pula'.
'Então eu devo ser um coelho', replicou o coelho.
'E eu, como sou', disse a cobra!
'Você é baixo ao chão, você tem olhos entreaberto, você fala com uma língua estilo garfo, e você parece coberta de diamante'.
A cobra disse;
'oh não, eu devo ser um televangelista´.
O que tem isto haver com a letra 'Tete' e esta mulher virtuosa? Não muita coisa, mas a piada era digna de ser contada. Um dos poucos bons comentarios sobre a cobra, está em Mateus 10.16; 'Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos, portando sede prudentes como as serpentes e símplices como as pombas´. Até Marina Silva, ex-canditada a presidente da República, aconselhou a Presidente eleita Dilma R. com este conselho de Jesus. A verdade tem que ser dita. Pessoas que são lobos, e devemos estar atentos para nunca mais entrar no ambiente doentil como o ambiente dels. Que prejudicam os outros e ainda conseguem se auto convencer  de que são os mais prejudicados, os sofredores. Mas na verdade, só causam dor, tristeza e decepção em sua volta. Certamente, a mulher virtuosa de Proverbios, é sábia, esperta. Ela exemplifica este tipo de sabedoria.  Mesmo quando as coisas estão indo bem, ela 'vê que sua mercadoria é boa' e sabe que pode ter um lucro ainda maior. Ela reconhece o seu momento. Tem tanta gente apagada, que perde o tempo para ser a diferença. Vive na sombra do esposo, que as vezes, é um grande ignorante. Pessoas que comem pratos prontos, e nem se importam em saber se isto é atual ou vencido. No caso desta mulher descrita em Proverbios, ainda que ela esteja tendo lucro, ela não quer parar 'sua lampada não se apaga a noite'. Ela dá uma atenção especial em manter-se disciplinada em pensar estratégicamente, e se preparar porque ela sabe que somos muito vulneráveis, quer no sucesso ou ao contrario. Se alguém desfruta de um 'aparente' sucesso, mantenha-se vigilante. Um dos meus professores no Hillsong College comparou este versículo ao Proverbio 20.27, no qual, em algumas traduções parece sugerir que o coração do homem é a lâmpada de Deus. Que Deus dirige e guia através do nosso mundo interior. No entanto, neste verso em particular, a lâmpada não se apaga a noite parece significar que sua caminhada espiritual com Deus permanece forte e consistente. É certo que quando as coisas não vão bem; do tipo - ser abandonado, traído, caluniado, pessoas mentindo ao teu respeito, etc, pessoas são forçadas a buscar a Deus. Não existe nada como um pequeno desespero para te direcionar a buscar a Deus. No entanto, quando as coisas vão bem, a 'mercadoria é boa', o casamento está tudo certo, o trabalho, a Igreja está crescendo, as pessoas esquecem de buscar a Deus nos relacionamentos, no cumprimento de seus deveres. Charles Spurgeon, um dos meus escritores favoritos, uma vez disse que a pessoa que não ora, deve ser uma que cai no erro de pensar que pode fazer as coisas sem o trabalhar de Deus. Falta de oração leva a falta de compromisso. Ao desligar a lâmpada, a pessoa é tomada de autosuficiencia e então sofre consequências. Vamos ser, 'espertos' o suficiente para orar, e orar certo, como já escrevi outro artigo, e que possamos ter esta intimidade tanto na bonança ou quando estamos no vale da sombra e da morte. Lembrem-se que o Deus do vale, é também, o Deus dos pastos verdejantes. Oração, deve ser produzida por caráter e não por algum motivo externo. Oração é ligada a virtude de um indivíduo para com seu Deus, e do valor que ele aplica ao seu Deus, não apenas uma mascara para tapar as coisas podres em suas vidas perante os semelhantes, afinal, Deus conhece as motivações. Vamos ser sempre assim; o tipo de pessoa, que não importa como as coisas estão indo (se bem ou mal) nos manteremos em oração, para que possamos vencer em todo tempo!

Um abraço pra tds

Pr. Rudy

segunda-feira, 19 de julho de 2010

LIBERTE SUA MENTE!

Rm 12.2 'E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus'

Olá pessoal! Resolvi escrever sobre este tema, quando nesta semana, um determinado amigo me disse; 'as pessoas tem dificuldade de mudar, pelo fato que elas PENSAM que não precisam mudar'. Então, fiquei raciocinando; é difícil chegarmos a conclusão que precisamos mudar, porém é mudando que avançamos. Entretanto, tantas coisas nos prendem e tentam manter os nossos pensamentos cativos. Mas graças a Deus, que o cristianismo que professamos, 'mudança ou transformação de vida' é o seu principal objetivo, ou seja, é possível sim, experimentarmos uma 'metamorfose' geral.  Duas palavras me chamou a atenção: CONFORMEIS e TRANSFORMAI-VOS!
Creio que a primeira atitude que devemos ter é a de não nos conformarmos com o nosso 'mundinho'. Há algo mais de Deus e devemos sempre querer. Estar atento o que Deus quer. Afinal, espiritualidade não é a quantia de tempo que gastamos orando, mas o conceito de espiritualidade é que Deus está sempre fazendo algo antes que eu perceba. A tarefa não é então conseguir que Deus faça que eu acho que deve ser feito, mas, DISCENIR (PENSAR) o que Deus está realizando, de modo a responder à sua atuação, participando e me alegrando nela. Interessante, que há muitas pessoas que procuram fugir de sua realidade. Não se conformamos, não significa querer fugir, mas sim, enfrentar corretamente até ver as coisas diferente! Tudo que é errado, não pode ser mantido, e sim, deve ser consertado. 
A segunda atitude é TRANSFORMAR. Não é Deus que irá transformar. A bíblia diz; 'transformai-vos'. Ou seja, é imperativo ao sujeito. Nós devemos mudar, e só assim, experimentaremos a BOA, AGRADÁVEL E PERFEITA vontade de Deus.  Portanto, precisamos entender a questão da renovação da mente. Isto significa ter uma perspectiva diferente sobre nós mesmos e os outros. Toda transformação e mudança começa na mente. 'Assim como o homem pensa em seu coração, ele se tornará' Pv 23.7.

1) COM A MENTE SERVIMOS A DEUS
1 Cro 28.9 -> 'Adora-o e serve-o com um coração aberto e com uma mente predisposta, pois o Senhor conhece o nosso coração e todos os nossos pensamentos'

2 Co 10.5 'Levando Cativo todo pensamento à obediência de Cristo'

A velha mentalidade vem. 'Não, você não irá vencer! Você não irá sair desta; Você não poderá ser curado, etc. O inimigo não quer seu carro, sua casa, seu emprego, estas coisas não fazem a mínima diferença para ele. O que quer é roubar a sua paz, felicidade e foco de vida. Pois isto, usará todas as demais coisas para te destruir, até mesmos os 'religiosos'. Quem matou Cristo foi os que viviam no templo e a religião deles. Ou seja, as vezes, até mesmos aqueles que jamais pensávamos que se levantariam contra, acabam buscando a sua destruição. Mesmo assim, nós não podemos ficar pensando naquilo que outros dizem sobre nós. Aquilo que os outros mentem sobre nós. Precisamos levar cativo todo pensamento mau, ruim, carregado de egoísmo, referente a algo ou a alguém, aos pés de Cristo. Afinal, queremos servi-lo e adora-lo com nossa mente. Eu tenho decidido a pensar o melhor sobre os que me cercam. Afinal, a mente pode corromper a tudo; 'Todas as coisas são puras para os puros; todavia, para os impuros e descrentes, nada é puro. Porque tanto a mente como a consciência deles estão corrompida' Tito 1.15.

2) PRECISAMOS SUBSTITUIR OS PENSAMENTOS
Fp 4.8 -> 'Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento'.

Como é difícil. Principalmente quando tudo em nossa volta, dá-nos motivos à pensar diferente. Porém, a ferramenta que o diabo usa para destruir, é deixar a sua mente cativa a alguma coisa; um pecado, uma situação decepcionante, uma traição, etc. O inimigo sempre levará você a pensar nestas coisas. Não precisamos DELETAR da memória, o que passamos. O que precisamos é REEDITAR  a memória. O que a grande maioria de nós procura fazer é tentar esquecer os inimigos, desviar a atenção de quem nos frustrou, tentar apagar nossos arquivos. De fato, essa é a melhor maneira de preservar os nossos conflitos. A melhor forma de eliminar um inimigo é compreendê-lo, perceber que sua fragilidade por trás da agressividade e ignorância, sua instabilidade por trás da traição, sua imaturidade por trás das ofensas arrogantes. E quando minha mente vir para fora desta situação, tudo o que estiver conectado virá também. Tem um momento que tudo nos força a pensar diferente. A viver diferente. A amadurecer, a crescer. Você é forçado ao ponto de que não tem como mais permanecer pensando da mesma forma

3) MENTE BEM FIRMADA, PAZ ESTABELECIDA
Isaías 26.3 'Tu Senhor, manterás em perfeita paz, aquele cuja mente é bem firmada, pois tem decidido confiar em ti'

Graças a Deus, que apesar de todas as decepções, podemos estar em paz. E é exatamente isto, que irrita o diabo. A paz faz com que você olhe para o futuro com esperança de conquistar muito mais. Não é o propósito de Deus você permanecer frustrado em sua mente, sem conforto, sem tranqüilidade. Não andeis ansiosos de alguma coisa (Fp4.6). Ansiedade é ficar preocupado com algo que ainda não aconteceu. Você pensa naquilo, você imagina aquilo, e fica atribulado. Tem gente que nem está em problema, mas já está preocupado com o dia que o problema lhe sobrevir. Chega disto. Se você continuar pensando assim; isto irá roubar a sua paz, sua alegria, sua segurança, sua esperança. 

4) A PALAVRA PRECISA ESTAR EM NOSSA MENTE
Tg 1.21-23 = 'a palavra que foi semeada nos vossos corações e que pode salvar as vossas almas'

A palavra plantada, é aquele que permenece em seu espírito. Quando aquela palavra, sonho, visao que vem sendo pregada em você, se tornar UM com você, passando a ser seu pensamento, a palavra semeada, pode salvar a sua alma. Suas emoções, suas memorias, sua disposição. Aquela palavra que gruda em você. Na verdade você pode decidir quais as palvras que vão grudar em você. A opinião das pessoas, ou a de Cristo. Deus não vai te abençoar por causa da opinião da A ou B, Ele faz isto, porque está em sua natureza divina em abençoar 'os seus filhos'. Você pode até ter vindo de um lugar de tristeza, decepção, mas você não retornará para ele por agora. Deus tem um novo tempo para você. A bíblia diz, que Deus iria imprimir a sua palavra da mente do seu povo e eles seriam abençoados. A palavra de Deus em nós, é a semente de toda benção e transformação pelo qual precisamos para viver. Jr 31.33 'Porque esta é a aliança que firmarei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o SENHOR: Na mente, lhes imprimirei as minhas leis, também no coração lhas inscreverei; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo'.

Encerro afirmando que Deus irá te abençoar grandemente. Pense naquilo que irá acrescentar algo em você, e não naquilo que roubará algo de você.

Ef 3.20-21 'Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós. a ele seja a glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre! Amém.

Pr. Rudy Nazaro

terça-feira, 13 de julho de 2010

HOW'S IT GOING WITH YOUR PASTOR CARE CAREER!


I love this picture. It's from the movie 'The passion of Christ'. When I saw it for the first time, came into my mind the work of a pastor. The meaning of our existence. We are meant to lift up people. We are meant to defend, protect, and embrace those in need. To take care of their wounds, like the good Samaritan did. It's very sad when I see many pastors judging people, and preaching a message of 'you should - you must', when even them, don't understand the Grace of God, and that they are not perfect too. Who are we to condemn even when we have the 'right' to do that? Who gains with someone's failures? The worst than to accuse is to ignore rather than taking care. But I have learnt that we can't expect help from those who accuse because they don't have anything to do. The only thing they do well, is to point their fingers towards the one who failed. By accusing they feel that there are perfect or just try to hide their own mistakes. Only God's grace can takes us closer of someone in need. The gesture of the picture, speaks very loud about 'care, forgiveness, empowering, freedom'. The reality is that many people are wasting God-given opportunity to reach a hand to someone, only because they think will get wet too. There is nothing wrong and uggly in helping, pastoring, making a journey with someone. The Word of God says: 'What sorrow awaits you shepherds who feed yourselves instead of your flocks?You have not taken care of the weak. You have not tended the sick or bound up the injured. You have not gone looking for those who have wandered away and are lost. Instead, you have ruled them with harshness and cruelty' (Ez 34).  For me, this is the truly work of a pastor:
* To strengthen the weak (take care of the weak)
* To heal the sick
* To bound up the injured
* To bring back the strays
* Search for the lost

How's it possible? With the Word of God, Grace, and Love!

Be a pastor with a divine principles. 

Pr. Rudy Nazaro


In Portuguese!

Eu gosto desta imagem. Ela é do filme 'A paixão de Cristo'. Quando eu vi ela pela primeira vez, veio em minha mente o trabalho pastoral. O significado de nossa existência. Somos ungidos e escolhidos para levantar as pessoas. Para defender, proteger, e abraçar as pessoas em necessidade. Cuidar das feridas, assim como o Bom Samaritano fez. É muito triste quando vejo muito pastores julgando as pessoas, e pregando não uma mensagem sobre a Graça, mas sobre 'você deve, você tem que', quando nem eles mesmos vivem esta mensagem e nem são perfeitos. Quem somos nós para condenar mesmo quando temos a razão? Quem ganha com a exposição do desastre, do fracasso de alguém? O pior que acusar é ignorar ao invés de cuidar. Mas tenho aprendido que não podemos esperar grandes coisas dos acusadores, pois a única coisa que sabem fazer bem é apontar os dedos para quem caiu. Acusando, eles se devem se sentir os perfeitos ou apenas tentam tapar os seus próprios erros. Somente A Graça de Deus é que pode fazer-nos aproximar de pessoas em necessidade. O gesto da imagem, fala muito alto sobre 'cuidado, perdão, capacitação, liberdade'. A realidade é que muitas pessoas estão perdendo a oportunidade divina para estender a mão à alguém, somente porque eles achão que vão se molhar também. Não existe nada de errado e feio em ajudar, pastorear, caminhar ao lado de uma pessoa que fracassou. A Palavra de Deus diz: 'Ai dos pastores de Israel que só cuidam de si mesmos! Acaso os pastores não deveriam cuidar do rebanho? A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornastes a trazer e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza' (Ez 34) para mim, este é o verdadeiro trabalho do pastor: 
* Fortalecer a fraca;
* Curar a doente;
* Restaurar a quebrada; 
* Buscar a desgarrada;
* Encontrar a perdida
Como isto? Com a palavra, Graça e amor de Deus!


Seja um pastor com estes princípios!


Pr. Rudy Nazaro 

quarta-feira, 2 de junho de 2010

SENTINELA, REI E O EUNUCO!

 Jr 37.13,16,17; 38.7-13
Estes 3 personagens fizeram parte da vida do Profeta Jeremias. Nestes últimos dias, tenho pensado sobre algumas pessoas que fazem parte de minha vida. Principalmente nestes últimos dois anos. Algumas situações nos ensinam sobre as pessoas e sobre nós mesmos. Elas nos tornam 'humanos' em profundidade e intensidade. Em momentos adversos é que de fato, podemos avaliar nossos ânimos. R. P. Blackmur falou sobre pessoas que 'mostraram uma força atrativa, intensa e inesgotável e uma força disseminadora que é uma interminável mola propulsora ou uma eterna declaração de valor. O seu pequeno homem é um montículo a ser aplainado (como uma pessoa é) ou uma montanha a ser escavada por todos os lados'. Jeremias foi uma montanha a ser escavada por todos os lados. Ele foi o centro de uma época. Ele foi o principal participante nos eventos que se tornaram o pivô de um milênio. Apesar de ter grande influência, o interesse das pessoas por Jeremias, não está no seu impacto histórico mas sim em seu desenvolvimento pessoal. É possível ser extraordinário ao levar o lixo para fora, tanto quanto ao assinar um documento de negociação, pois não é o que fazemos que nos define 'importantes', mas 'como fazemos'. Certo tempo atrás, conheci uma pessoa que tinha um grande potencial de influência. Tudo o que dizia tinha significado, aparentemente. Sempre bem trajada e portando de uma presença peculiar. Porém, suas exigências rudes e imperativas tornavam-na numa pessoa repulsiva aos que lhe cercava. Nos bastidores, faltava com respeito e agia com arrogância, tratando as pessoas como se fossem inferiores, e que a razão só estava com ele. Acreditava que sempre tinha a versão correta das coisas, num senso enganoso sobre justiça. Uma pessoa tirana e insensível aquilo que não lhe pertencia. Porém sua imagem pública era impecável. De um homem forte e bem orientado. Entretanto, no fundo era inseguro e por isto, não aceitava idéias que fossem contrárias as suas. Ou seja, seus relacionamentos eram medíocres e hipócritas, pois as pessoas não podiam ser quem elas verdadeiramente eram, pois ficavam amedrontadas. Porém;

COMO JEREMIAS LIDAVA COM AS PESSOAS?
COMO ERA ESTAR COM ELE?

Eugene Peterson diz: 'Pessoas formam a vida de fé diária de Jeremias'. Noutras palavras, toda vida de fé proeminente ou obscura é desenvolvida num contexto de pessoas e nunca sozinho. Estes 3 homens abaixo, foram representativamente importantes na vida de Jeremias, e suas características, são encontradas em muitos líderes hoje;

1) JERIAS, o sentinela
a) Apenas estava fazendo o seu trabalho
b)Falso patriotismo
c) Usava a posição para escapar de suas responsabilidades
d) Era um burocrata, alguém que usa a posição para ferir e destruir alguém.
e) Apenas cumpria sua obrigação (tal qual um cão de guarda).
f) Usado pelos outros 

Jeremias havia avisado que o exército babilônico era o julgamento de Deus. E que o povo deveria submeter-se. Elas procuravam evitar a realidade do julgamento, de pensar em outras questões que não fossem o certo e o errado, pecado e irresponsabilidade. Uma das formas foi pensar em fidelidade e infidelidade. O patriotismo era uma forma de confundir o sentido de moralidade. ‘Nossa amada pátria esta sendo atacada e devemos ser fiéis a ela; em tempos de crise, não é certo fazer criticas aos lideres. Isto é infidelidade’. Jeremias tinha vivido 30 anos em Jerusalém e havia construido uma imagem de ser um amigo leal e fiel ao rei Josias. Para qualquer um que o conhece, sabia que ele não era um que virara a casaca. Um falso tirano traidor. Mas por causa de sua mensagem, foi assim considerado. Jerias conduziu Jeremias aos seus superiores, os príncipes, que o açoitaram e o trancafiaram no cárcere.  Aparentemente, eles aguardavam um momento para fazer isto, e o cão de guarda Jerias, foi o que precisavam. Adolf Eichmann, figura chave do assassinato de seis milhões de judeus na Alemanha Nazista, em seu julgamento em Jerusalém afirmou que não tinha nada contra os judeus, apenas estava fazendo o seu trabalho. Jeremias reagiu a Jerias com implacável resistência. Ele não ameaçou e nem rebelou-se. Mas também não era nenhum capacho sem vida. Ele afirmou a sua inocência e permaneceu firme; aceitou este estúpido ato de injustiça com tranqüilidade e perseverou em sua vocação. Encontramos este tipo de pessoa.  Diariamente pessoas sao atacadas, injuriadas, caluniadas por pessoas que apenas fazem sem sentido, pois nem ao menos elas tem consciência do 'por que' estão agindo assim.
Há um tempo, após um reunião que tive junto com algumas pessoas que se consideram 'lideres', um deles me disse; Me desculpe, nada contra você, apenas... Ou seja, apenas cumprindo ordem, sem saber o que fazer, sem uma posição definida, sem o caráter de pensar por si mesmo, manipulado pela sua posição de cão de guarda tal qual Jerias. 

2) ZEDEQUIAS, o Rei!
a) Marionete (de si mesmo e dos outros), apesar que não se considerava tal;
b) Inconstante;
c) Rodeava-se de pessoas que concordavam com o que ele dizia
d) Tinha receio do que os príncipes iriam dizer, assim como o povo
e) As vezes chama Jeremias para consulta-lo, mas nada durava muito tempo, pois era maleável. 
f) Assumia a forma que a circunstância exigisse ('jogava com dois pauzinhos').

O rei de direito (Jeoaquim) havia sido levado ao exílio em 598 a.C. Seu tio Zedequias foi o escolhido para ser o Rei (reinou por 11 anos). Ao longo período deste reinado, ele permaneceu em contato com Jeremias. O profeta esteve ligado ao irmão de Zedequias, Josias e seus filhos, os rei Jeoaquim e Joaquim. Zedequias nutria um sentimento ambíguo pelo profeta Jeremias. Ele sabia da integridade de Jeremias. No fundo, ele reconhecia o caráter de Jeremias. Mas o profeta era um grande embaraço para ele também. Zedequias foi uma prova incontestável de que boas intenções sao inúteis quando desacompanhada dum caracter desenvolvido.  Não nos tornamos pessoas integras apenas com o desejo de ser assim. Intenções amadurecem em comprometimento se nos tornarmos pessoas com definição, caráter e substancia. Após Jerias prender Jeremias, o rei Zedequias mandou chamá-lo para uma conversa em segredo. O rei tinha medo de estar com Jeremias. Mas tarde, os príncipes enfurecidos que Jeremias estava pregando de sua cela, mandaram coloca-lo na cisterna. O rei era um perfeito fantoche a mercê dos desejos dos que o cercavam. Apesar disto, não há indícios de que ele planejava o bem. ELE PENSAVA APENAS EM SI MESMO e em manter um boa imagem. A bondade não surgia naquele contexto. Afinal, ela requer cuidado constante, disciplina,  treinamento, longo desenvolvimento e Zedequias, não tinha essa capacidade. Talvez este rei, tenha sido uma das pessoas mais difíceis na vida de Jeremias. Josias, havia sido seu amigo. Jeoaquim, seu inimigo implacável. Já Zedequias não tinha forma definida.


3) EBEDE-MELEQUE, o Eunuco
a) Fiel
b) Salvador
c) Perceptível
d) Correu riscos
e) Amigo
f) Atitude

Ele era um estrangeiro. Um homem negro vindo da Etiópia e um funcionário administrativo no governo. Com ele, aprendemos 3 grandes lições;

a)Percepção
Quando ele soube que Jeremias tinha sido jogado na cisterna, ele percebeu que o profeta morreria lá, se não fosse retirado de lá a tempo. Embora a cisterna não havia água, era cheia de barro e lodo, e Jeremias estava afundando.
b) Atitude
Então o eunuco foi ate o rei e confrontou-o com a injustiça que ele havia permitido. O rei lhe deu uma autorização para efetuar uma operação de resgate. Ebede Meleque, levou 30 homens com ele, alem disto, foi até o guarda-roupa do palácio e tomou roupas usadas e trapos, rumando para a cisterna.
c) Livramento
Ele desceu as roupas e trapos até o fundo da cisterna, e instruiu para que colocasse nas axilas a fim de não ser ferido pelas cordas quando fosse retirado. Ebede Meleque pensou em tudo, até mesmo na integridade física do profeta. 

Jeremias teve amigos em sua jornada ministerial. Sob o reinado de Jeoaquim, o profeta foi quase morto, se não fosse a intervenção de Aicão, filho de Safa (Jr 26.24). Baruque, era seu discípulo e secretario. Leal e fiel, sempre junto ao profeta em tempos difíceis. Ebede-Meleque, o eunuco etíope, veio em seu socorro. Henry Adams escreveu: ‘um amigo durante a vida é bom; dois é muito e três, algo difícil de ocorrer’. Jeremias teve TRÊS, algo difícil de ocorrer. O eunuco arriscou a sua vida para defender o profeta. Por ser estrangeiro, ele não possuía qualquer direito legal. Não obstante, estava indo contra a opinião popular em uma crise histérica em tempos de guerra. Nada disso importava. Um amigo é um amigo. Ele não ficou de braços cruzados em vã piedade por Jeremias. ‘Coitadinho dele’, vai acabar se dando mal. Tenho até dó dele’. Ele não ficou lamentando filosoficamente o destino do profeta. Antes, ele foi ate o rei, preocupou-se até mesmo para que o profeta não se ferisse. Apresentou-se para o socorro e participou ativamente no resgate. Isto sim é uma atitude digna. Certa vez, ouvi de alguém a seguinte orientação; não fique ao lado desta pessoa, porque mancharás teu ministério.  Na verdade, é para estas horas, de dificuldades que devemos exercer nosso ministério. Não para quando tudo esta bem. Se somos lideres, pastores, devemos dar exemplo como pessoas que não abandonam os outros em necessidade. Mas caminhamos juntos, acreditando que podemos ajudar, mesmo assim, preservando nossa integridade. Não acolhendo erros, mas tratando-os.  Para alguns naquele palácio, a amizade era mais importante que o emprego, que a  opinião publica, ou do que obter vantagem egoísta. Acima de tudo, um amigo significava um elo, um compromisso no qual valia a pena arriscar-se. 

Jeremias demonstra que precisava de amigos. Ele era bem resolvido em sua vida interior. Era impossível demove-lo de seu curso por inimizade ou bajulação. Jeremias estava habituado a solidão. Integridade não é sinônimo de auto-suficiência. A vida plena e íntegra não pode ser vivida com uma independência arrogante.  Nosso objetivo não pode ser viver sem auxilio algum. Uma das evidencias da integridade de Jeremias foi a sua capacidade de receber amizade, de permitir que outros lhe ajudassem, de ser acessível a compaixão. É muito mais fácil estender a amizade do que recebê-la. Pois ao estende-la, demonstramos forca, mas ao recebê-la, demonstramos fraqueza. Entretanto, pessoas bem resolvidas intimamente jamais se escondem atrás de dogmas ou projetos, mas estão abertas a um amplo espectro de amizades. As idéias teológicas e as causas nobres defendidas pela vida de Jeremias, jamais permaneceram ou se tornaram abstratas, mas foram forjadas com gente, pessoas que possuíam um nome. Ele nunca utilizou rótulos que reduziam pessoas a categorias impessoais (o auxiliar, diácono, presbitério, evangelista, pastor auxiliar..).  É muito fácil encontrar gente insegura utilizando de seus títulos para impor respeito e/ou colocando pessoas a uma posição inferior a deles. Por isto não se constitui nenhuma surpresa descobrir que há mais nomes pessoais no livro de Jeremias que em qualquer outro livro da bíblia.   

Por tanto, novamente, não ignores os Sentinelas, o Rei, mas concentre-se em localizar verdadeiros Ebede-Meleque em sua vida. 

Abraços!




domingo, 30 de maio de 2010

ORAÇÃO!


Esta semana que passou, foi meu aniversário. Recebi muitas felicitações de amigos, familiares, pessoas com quem 'caminho junto'. Pessoas que admiro e que não se vendem. Tenho aprendido com elas, que devemos ser quem somos. E muitas dessas pessoas que me parabenizaram, disseram para mim' 
estou orando por você!'. Para mim, isto foi um grande presente. Afinal, não existe nada mais precioso que orar. Porém, comecei refletir sobre este tema. Muitas pessoas costumam orar, e fazem campanhas de oração, e até mesmo, tem ótimas inteções em seus corações, porém, 'parece' que não são ouvidas. É claro, que oração exige de nós, muito mais que ficarmos na presença de Deus, só pedindo que Ele nos sirva. Isto não é oração. Gastarmos horas pedindo que Ele faça algo por nós. Orar, é levarmos algo diante de Deus que concorde com o SEU pensamento. Não adianta orarmos, sem antes fazermos os acertos necessários. É fácil você encontrar 'crentes' decepcionados porque suas orações não estão sendo ouvidas. Mas se você ver a intenção dos seus corações, apenas reflete julgamento, mágoas, recentimentos. É hora de olharmos e analisarmos o 'por que' nossas orações não estão sendo respondidas, e quem sabe descobrir, que o 'culpado' não é Deus, e sim, nossa falta de responsabilidade. 

1) Nossas orações não são respondidas quando não se encaixam com a vontade de DEUS

Certa vez ouvi um absurdo de alguém dizendo que iria orar para Deus tirar a vida de outra pessoa. Para Deus pesar a sua mão. Quanta tolice. Nós não temos a liberdade de orar por qualquer 'porcaria' que venha em nossa mente. Não não podemos chegar na presença de Deus e ficar apresentando a Ele nossas noções parvas e estúpidas. Existe uma lei na oração. É uma lei determinada a remover ervas daninhas para fora de orações miseráveis, auto-centradas. E o problema, é que é difícil orarmos não colocando nossas emoções equivocadas. Ultimamente, tenho pedido para Deus apenas 'ajuda-me a ver a tua vontade e seja feita a tua vontade'. Afinal, se for colocar meu coração diante de Deus, apresentarei a Ele, muita tolice, e então, não adiante ficar chorando igual um coitadinho, miseravel(sinho) calunia(dinho), sofri(dinho). 

1 Jo 5.14 = 'Se perdirmos alguma coisa, SEGUNDO A SUA VONTADE, Ele nos ouve'. Não oramos de acordo com a Vontade de Deus, quando a fazemos com sentimento de vigança. Daniel, orou corretamente. Primeiro, ele foi a palavra de Deus para saber a mente de Deus. Depois de saber o que Deus queria, ele orou a Deus, chegando ao trono dEle com muito segurança; Dn 9.3-4 'e eu dirigi o meu rosto ao Senhor Deus, para buscar com oração...e confessei e disse'. A verdade é que NÓS SABEMOS MUITO O QUE QUEREMOS E POUCO O QUE DEUS QUER. 

2) Nossas orações não são respondidas quando elas são destinadas a cumprir com uma luxúria interna, sonho e ilusão. 

Tg 4.3 => 'Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites'. Deus não responderá oração cuja intenção seja para nos promover, e atrair honra para nós. Então, pense muito antes de ficar orando para que os 'outros' sofram e todos vejam o quão bom, santo você é. Ore para que a misericórdia de Deus esteja sobre você. Is 58.3 'Por que jejuamos nós, e tu não atentas para isso?'. 

3) Nossas orações não são respondidas quando não mostramos nenhuma diligência, e queremos que Deus seja apenas nosso assistente.

Aproximamos de Deus, como se ele fosse um parente rico, que vai nos dar tudo o que nós vamos ficar implorando a ele, enquanto, nós não levantamos um dedo para fazer algo que modifique o que precisa ser reparado. Apenas exigir é tentar colocar Deus dentro de nosso bolso. Será um grande engano, e não seremos ouvidos por Deus. Não é porque Ele tem todo o poder, que irá reparar seus erros. Ele te dará força para você vencer e enfrentar seus desafios. No texto em Colossenses lemos; Cl 4.2 ' Perseverai na oração, vigiando com ações de graças.' Observe 'vigiando com ações de graças'. Oração sem ações de graças, sem atitude, sem reparos, não resolve nada. Olha o que aconteceu com Josué. Passou a noite toda orando por causa da derrota de Israel. Js 7.10-13 'Então, disse o SENHOR a Josué: Levanta-te! Por que estás prostrado assim sobre o rosto?11 Israel pecou, e violaram a minha aliança, aquilo que eu lhes ordenara, pois tomaram das coisas condenadas, e furtaram, e dissimularam, e até debaixo da sua bagagem o puseram....' Quando fazemos pactos diante de Deus e quebramos, ele não nos responde até que reparemos o erro. 

4) Nossas orações não são respondidas quando guardamos em segredo um rancor contra alguém.

Deus não lida com aquele cheio de ódio e de espírito irreconciliador. 1Pe 2.1-2 'Despojando-vos, portanto, de toda maldade e dolo, de hipocrisias e invejas e de toda sorte de maledicências'. Deus nem ao menos se comunica com uma pessoa com um espírito não perdoador. 1 Tm 2.8 'Quero, portanto, que os varões orem em todo lugar, levantando mãos santas, sem ira e sem animosidade'. Quando não perdoamos as pessoas, não temos o direito de ser perdoados. Então nossas orações serão cheias de hipocresias. A bíblia afirma 'perdoar assim como perdoamos o nosso próximo'. Há um espírito se levantando no meio de muitos LIDERES, aonde são totalmente dominados por ODIO, RANCOR, AMARGURA e desejo por VIGANÇA tudo em nome de DEUS e de uma santidade mascarada. Estes líderes, para se fazerem de 'sofridos' e necessitados de oração, usam as pessoas inocentes de suas Igrejas, que ficam intercedendo por eles que ao invés de se arrependerem e mudarem de vida, aparentam ser pessoas sofridas pelo evangelho, e na verdade, sofrem apenas por suas atitudes egocêntricas e motivações enganosas. É mais fácil pedir para alguém ficar constantemente orando por você do que você aceitar que precisa mudar. 

5) Nossas orações não são respondidas quando prescrevemos como Deus deve agir.

Nós só damos ordem as pessoas, e dizemos a elas como devem fazer algo, quando que não confiamos em suas capacidades. As que confiamos, damos liberdade para fazer como queiram. 2 Sm 23.5 'Não está assim com Deus a minha casa? Pois estabeleceu comigo uma aliança eterna, em tudo bem definida e segura. Não me fará ele prosperar toda a minha salvação e toda a minha esperança?' Esta certeza, é provida de termos a palavra em nosso coração, e quando exercemos com fé, agradamos a Deus e somos ouvidos por Ele. Chega de; Ele pode agir? Ele pode intervir? Ele irá fazer?. Demonstre certeza que ELE fará o que ELE quer fazer, no tempo que ELE quer fazer. 


Confie em Deus. Ore, e deixe Ele agir em você. Afinal, devemos cuidar de nossas motivações e de nossa vida, antes de pedir para Deus agir com as dos nossos inimigos. Devemos pedir de acordo a SUA vontade, então, cura, milagre, benção, paz, alegria, poderá ser restabelecida. Deus tem o melhor para você, e lembre-se que ninguém põe vinho novo em odre velho. Permita Deus fazer o que ele precisa fazer em você. Permita Deus te tornar num ODRE novo, e coisas novas da SUA parte, serão depositadas em você.


Um abraço!

terça-feira, 23 de março de 2010

APENAS UM PENSAMENTO PRA TDS NÓS!

Estive lendo um livro de Kevin McCarthy 'A Pessoa Com Propósito' e tirei algumas lições que nos ajudam 'pra caramba'. A pessoa com propósito lhe mostrará:
- Investir seu tempo, talento e esforço no que realmente é importante;
- Lutar pelo equilibrio;
- Encontrar tempo livre para você mesmo;
- Nutrir um profundo e crescente senso de paz interior;
- Sentir satisfeito, ainda que cansado, no fim de cada dia de trabalho;
- Definir o que é realmente sucesso para você;
- Ter uma compreensão verdadeira e madura de você mesmo e de suas reais possibilidades;

Sabe, temos tantas coisas a conquistar e não podemos nos dar ao luxo de ficar perdendo tempo com pessoas e coisas que não nos ajudam em nada. Só roubam nosso tempo precioso. Há um ditado que diz; Deus ajuda a quem se ajuda. Há tantas pessoas que não se ajudam e ainda querem que nós levemos o peso de seus erros em nossas costas. Quem descobriu seu propósito, precisa fazer como a pessoa que gosta de esquiar; ela precisa posicionar o corpo pra frente e então conseguirá esquiar bem. Bom, creio que é tempo de adquirirmos o entendimento que Thomas Adams (1640) obteve: 'A paixão me é muito valiosa para que eu a desperdice com qualquer trivialidade'. VALEU!!!

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Não dever'IA' ser assim!

Você já passou por algum momento de sua vida, aonde você disse a si mesmo; não deveria ser assim, ou, não precisava ser desta forma! O fato é que, descobrimos as respostas, depois do período que mais precisávamos delas. Depois do que foi dito, feito, e que já é passado, temos a brilhante idéia de como deveríamos ter nos posicionado, ou nos comportado. Todos nós, nalgum momento, já passamos por isto. Quando confiamos em alguém e fomos traídos; quando abraçamos e fomos empurrados; quando o inimigo (usando pessoas) procura nos colocar numa posição contrária daquela da promessa de Deus. Quando agimos por impulso, quando deveríamos agir não tanto pela emoção ou ainda, separar a emoção ou nosso ponto de vista pessoal quando o assunto envolve muitas outras situações delicadas. O fato é que, sempre fica, um gostinho de arrependimento, depois que tudo termina. Aí surge o pensamento; 'se eu tivesse feito isto, ou aquilo, se eu tivesse dado mais atenção para aquilo que estava obvio em minha frente'. Tudo fica mais claro e obvio, depois de tudo. Entretanto, aos que experimentam este tipo de dose, fica em seu interior, um baú de conhecimento e experiência, que se for bem direcionado, não lhe prejudicará, ou o tornará uma pessoa frustrada, vivendo sob o arrependimento daquilo que podería ter sido feito corretamente. A bíblia afirma que quando nos paramos sob algo que vem para nos repreender, ensinar, nós podemos tornar mais sábio. Porém uma posição contrária, nos caracteriza como escarnecedor. Provérbios 9:8-9 “Não repreendas ao escarnecedor, para que não te odeie; repreende ao sábio, e amar-te-á. Instrui ao sábio, e ele se fará mais, sábio; ensina ao justo, e ele crescerá em entendimento.”
Observe nesta passagem, que durante um momento de confronto, jamais tente repreender o escarnecedor. Quanto mais você tenta convecê-lo de que não precisaria ser assim, ou não deveria ser assim, mas ele te odiará. Porém o justo, sempre aprende contudo e com todos.
Acredito, que se você estiver vivendo num tempo, onde você diz; poxa vida, será que as pessoas não veem que tudo poderia ser diferente! Eu tenho alguns lições para te ajudar.

A)CHEGA DE 'IA' NA SUA VIDA!
Você sempre precisa seguir avante. Não pode desistir jamais daquilo que você acredita. Suas atitudes demonstrarão se você é responsável com a revelação de Deus sobre você. O importante é você não aderir a moda do 'ia'. Poderia, faria, andaria, sonharia, lutaria, perdoaria, amaria. Quando você acaba de vez com o 'ia', você acaba com o talvez(negativismo) e constrói um ambiente de fé em sua volta, ou seja, das possibilidades. Por isto lemos;'posso todas as coisas naquEle que me fortalece'(Fp 4.13 leia o contexto). Já pensou se o apostolo Paulo dissesse,'poderia todas as coisas naquele que me fortelesse'. Isto seria totalmente contrário a fé. Pois através dela, nós afirmamos com certeza antes mesmo de vivenciar nossas conquistas.

B)CHEGA DE 'SE' NA SUA VIDA!~
...Se eu fosse compreendido, se eu fosse amado(a), se eu tivesse um relacionamento assim, se eu me levantasse contra, se eles não buscarem o perdão, se eles não se arrependerem, se eles não forem humilhados, se eu não estendesse a mão, se não fosse feito isto, se minhas atitudes estão erradas....E A LISTA DO 'SE' CONTINUA. 'SE' - é uma incognita (não é reconhecido ainda). Ou seja, o 'SE' pode acabar pertencendo ao tipo de pessoas que gostaríam que tudo fosse conforme o que elas querem, caso contrário, elas colocam um grande 'SE' em tudo. O 'SE' causa medo, e medo, torna a pessoa inativas, inertes, só aguardando os outros agirem. Uma frase muito ilustradora é; ..e 'SE' chover? Então a maioria das pessoas não saem para fora pelo medo da chuva.

Bom. Você tem um grande potêncial, e não fique concentrado no passado, naquilo que só irá roubar suas forças do presente, prejudicando seu futuro. Não dê espaço para nada que venha bagunçar com seu embiente de fé. Você vai chegar lá, mesmo que por um caminho diferente daquilo que você tinha programado. Acabe com o SE e com o IA!

VALEUUUUU!