terça-feira, 13 de julho de 2010

HOW'S IT GOING WITH YOUR PASTOR CARE CAREER!


I love this picture. It's from the movie 'The passion of Christ'. When I saw it for the first time, came into my mind the work of a pastor. The meaning of our existence. We are meant to lift up people. We are meant to defend, protect, and embrace those in need. To take care of their wounds, like the good Samaritan did. It's very sad when I see many pastors judging people, and preaching a message of 'you should - you must', when even them, don't understand the Grace of God, and that they are not perfect too. Who are we to condemn even when we have the 'right' to do that? Who gains with someone's failures? The worst than to accuse is to ignore rather than taking care. But I have learnt that we can't expect help from those who accuse because they don't have anything to do. The only thing they do well, is to point their fingers towards the one who failed. By accusing they feel that there are perfect or just try to hide their own mistakes. Only God's grace can takes us closer of someone in need. The gesture of the picture, speaks very loud about 'care, forgiveness, empowering, freedom'. The reality is that many people are wasting God-given opportunity to reach a hand to someone, only because they think will get wet too. There is nothing wrong and uggly in helping, pastoring, making a journey with someone. The Word of God says: 'What sorrow awaits you shepherds who feed yourselves instead of your flocks?You have not taken care of the weak. You have not tended the sick or bound up the injured. You have not gone looking for those who have wandered away and are lost. Instead, you have ruled them with harshness and cruelty' (Ez 34).  For me, this is the truly work of a pastor:
* To strengthen the weak (take care of the weak)
* To heal the sick
* To bound up the injured
* To bring back the strays
* Search for the lost

How's it possible? With the Word of God, Grace, and Love!

Be a pastor with a divine principles. 

Pr. Rudy Nazaro


In Portuguese!

Eu gosto desta imagem. Ela é do filme 'A paixão de Cristo'. Quando eu vi ela pela primeira vez, veio em minha mente o trabalho pastoral. O significado de nossa existência. Somos ungidos e escolhidos para levantar as pessoas. Para defender, proteger, e abraçar as pessoas em necessidade. Cuidar das feridas, assim como o Bom Samaritano fez. É muito triste quando vejo muito pastores julgando as pessoas, e pregando não uma mensagem sobre a Graça, mas sobre 'você deve, você tem que', quando nem eles mesmos vivem esta mensagem e nem são perfeitos. Quem somos nós para condenar mesmo quando temos a razão? Quem ganha com a exposição do desastre, do fracasso de alguém? O pior que acusar é ignorar ao invés de cuidar. Mas tenho aprendido que não podemos esperar grandes coisas dos acusadores, pois a única coisa que sabem fazer bem é apontar os dedos para quem caiu. Acusando, eles se devem se sentir os perfeitos ou apenas tentam tapar os seus próprios erros. Somente A Graça de Deus é que pode fazer-nos aproximar de pessoas em necessidade. O gesto da imagem, fala muito alto sobre 'cuidado, perdão, capacitação, liberdade'. A realidade é que muitas pessoas estão perdendo a oportunidade divina para estender a mão à alguém, somente porque eles achão que vão se molhar também. Não existe nada de errado e feio em ajudar, pastorear, caminhar ao lado de uma pessoa que fracassou. A Palavra de Deus diz: 'Ai dos pastores de Israel que só cuidam de si mesmos! Acaso os pastores não deveriam cuidar do rebanho? A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornastes a trazer e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza' (Ez 34) para mim, este é o verdadeiro trabalho do pastor: 
* Fortalecer a fraca;
* Curar a doente;
* Restaurar a quebrada; 
* Buscar a desgarrada;
* Encontrar a perdida
Como isto? Com a palavra, Graça e amor de Deus!


Seja um pastor com estes princípios!


Pr. Rudy Nazaro 

Nenhum comentário:

Postar um comentário